Olive Kitteridge

(Uma abertura
ao meio-dia
fez nevar esta
melodia.)

Mrs. Kitteridge quer morrer
Como qualquer dona de visão
Ao tomar na cara sem mover-se
Perdigotos de alta definição.

A ideia do Atlântico no Maine
É faixa cinza a quebrar no oco
Da faixa negra do olhar de Olive
Qual visgo em tela de Mark Rothko.

12/12/2014 – (2/21 poemas – 2015)

Watercolour_Rotko
Aquarela de Mark Rothko
Anúncios

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s