Aquele presente de Natal

 

Capa-Livro1O livro “Uma Cidade se Inventa”, de Fabrício Marques (Scriptum, 350 págs., R$ 75), disponível nas livrarias de Belo Horizonte e aqui, é Papai Noel coisa fina.

Nesta obra extensa, paciente e minuciosa, Fabrício mostra que Belo Horizonte não se distingue da criação literária tramada no tempo, seu mais alto tesouro e lastro no mundo.

O que a cidade é? O livro tem respostas. O que a cidade pode? Leia o livro e responda você.

BH, como toda urbe, sem o oxigênio da criação artística nas veias, não passaria de quê? De dormitório ou, por assim dizer, dum “trabalhatório” mais ou menos fantasma.

Fazer a cidade chiar e contar sobre si mesma — e, além disso — fazer a cidade respirar é papel de romancistas, poetas, intelectuais, artistas.

Tal é a função especializada impressa nas obras, publicações, na arquitetura, na música, no diacho chamado vida cultural.

“Uma Cidade se Inventa” é um profundo levantamento desta arte. A invenção não é moldura, antes é a própria cidade que se conforma e emoldura à criação.

O livro é um luxo com o ensaio do fotógrafo João Marcos Rosa a se ajustar com sobriedade e elegância ao curso da reportagem, em que fluem depoimentos, passagens literárias e os poemas reunidos pelo poeta, professor e jornalista Fabrício Marques.

O autor do blog é parte interessa nisso. Poemas do seu “Moral das Horas” (Manduruvá, 2013) e pitacos sobre Belô acham-se no texto.

Para saber do livro:

Vídeo do jornal O Tempo

Lançamento do livro no blog Cartógrafos da Vertigem Urbana

Nota sobre o livro e uma entrevista com Fabrício Marques no blog literário Capítulo Dois

 

 

Anúncios

Um comentário em “Aquele presente de Natal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s