Raiva

Nenhuma poesia in-
Surgirá da presa
A se debater
Contra a queda
Na movediça tarde azul;
Sequer da dor,
Se o poeta lograr
Por sorte
Desfazer o laço,
Ao dar ao espelho
A cara a tapa.

[19/ "21 Poemas" - antonio siuves - 2015/2016]

Black, Red and Black - Mark Rothko, 1968
Black, Red and Black, Mark Rothko, 1968
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s