Ruffato bobão

Termina o artigo com a frase mais infeliz que li de um escritor nos últimos 20 anos:
“A maré conservadora já alcança-nos a garganta”

Ruffato

Como é bobo o escritor mineiro Luiz Ruffato.

O El País Brasil vai mal se aposta sua sobrevivência em português em comentários vácuos como o que Ruffato lhe entregou ontem (4).

Vi seu texto por acaso, pois me habituei a ler diariamente o El País espanhol, de preferência em papel, quando viajo.

Diz o feroz besteirol do artigo que o “espectro do conservadorismo ronda o Brasil”.

Toma como tendência geral das ruas a manifestação das bancadas evangélica e agrícola [que comentei aqui] na votação do impeachment na Câmara.

Ruffato se sai ainda pior do que Caetano Veloso, que associou às manifestações anti-PT à Marcha da Família com Deus pela Liberdade, de 52 anos atrás.

(Cá entre nós: a idade parece ter finalmente atingido Caetano. Sua piada sobre o império do sertanejo e a Tropicália me levou a fechar o diagnóstico.)

Propositadamente, como bom petista, Ruffato pinta de conservador — no sentido vulgar do conceito de conservadorismo — o desejo majoritário da população que quer ver Dilma Rousseff pelas costas.

Sem coragem de escrever isso e marcar posição, deixa nas entrelinhas o tatibitate sobre o “golpe” do impedimento e a volta dos dias que antecederam a 1º de abril de 1964.

Pateticamente, alude ao manifesto integralista de 1932 e aos “camisas verdes” de Plínio Salgado, com a mais pura charlatanice intelectual.

Termina o artigo com a frase mais infeliz que li de um escritor nos últimos 20 anos: “A maré conservadora já alcança-nos a garganta”.

Anúncios

3 comentários em “Ruffato bobão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s