Ver quadros (por aí) como ir ao médico

Corot-freud
“A Italiana. A Mulher com a manga amarela”, de Jean-Baptiste Camille Corot, e o “Autorretrato” de Lucian Freud (detalhe).

Confessei outro dia neste JS que ao ler um comentário sobre uma exposição de Bosch em cartaz no Museu do Prado, por pouco não comprava uma passagem para Madri.

Ontem não tive o mesmo arroubo, mas não vejo maneira mais apropriada de gastar dinheiro que ir a Londres ainda que exclusivamente para conferir, na National Gallery, esta mostra Painters’ Paintings – From Freud to Van Dick (Pinturas de Pintores – de Freud a Van Dick), aberta até o início de setembro.

Obras do próprio museu da Trafalgar Square e de uma dezena de outras galerias europeias (única oportunidade, viajores!), dos EUA e particulares mostram o afã de artistas colecionadores e as relações tecidas no tempo, por exemplo, entre Lucian Freud e Corot, Cézanne e Matisse, Matisse e Picasso, Van Dyck e Tiziano, Degas e Delacroix.

“Furiosos exercícios de admiração e solidariedade, mas também de impotência e inveja, receios, fascinações, inspiração e cópia, febre colecionista, prestígio e miséria se dão as mãos este verão nas salas de exposições temporárias” do museu londrino, descreve o grande texto de Borja Hermoso.

Para o diretor da National Gallery, Gabriele Finaldi, a exposição abre “uma verdadeira porta de entrada ao universo privado dos artistas”. A ideia dos organizadores, por meio de estudos de casos, como a relação entre Degas e Ingres, foi armar uma narrativa, mais ou menos fictícia, entre diferentes gêneros de pintura e seus criadores.

Conta muito o apego de Lucian Freud (1922-2011) por Jean-Baptiste Camille Corot (1796-1875), ponto de partida desse projeto. Freud foi feliz proprietário durante uma vida da hipnotizante A Italiana. A Mulher com a Manga Amarela, do realista francês do século 19, que, ele admitia, influenciou toda sua obra incluindo o célebre Autorretrato de 2002, exposto conjuntamente.

Lucian Freud costumava dizer: “Vou ver quadros como se fosse ao médico… para que me ajudem”.

Sim, vamos marcar umas consultas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s